Paradoxo do Sentimento


Acorda com o coração do tamanho da dor possível. Amargura do fim que aguarda qualquer um que se aventura nos braços do sentimento. Essa esfinge que espera uma resposta correta para perguntas impossíveis. Nada temos a esperar, chega sem pensamento ou permissão alguma, mas exige tudo. Esse querer nos toma de surpresa e quando menos esperamos, chega a tristeza, como se naquele lugar onde guardava a felicidade, agora vago, decide que vai se instalar. Demora para ir embora, e a angústia se faz de querida, depressiva, desimpedida e na lágrima tem seu grito de vitória. Até que, novamente, sem qualquer motivo aparente, existe um vazio, nada mais se sente. O tempo passa e esquece do sofrimento, até a alegria daqueles dias não é mais tão importante para se lembrar. E então chega uma voz, um toque deliberado, um sorriso meio escondido, um desejo compenetrado, um velho conhecido do lugar vago. Lembramos algumas vezes sobre o que foi sofrer, mas esquecemos porque gostar é o melhor de viver, nesse paradox da vida, o que sentimos é mais importante do que nos proteger das incertezas. Somos envolvidos pela natureza do querer encontrar alguém que nos completa.

3 comentários:

    Muito muito bom!!

     

    Seu blog é simplimente....TUDO!!
    Adoro.
    sucesso!

     

    E paradoxo do sentimento é maravilhoso!
    Quem nunca viveu um paradoxo desse!
    beijos

     
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogger Templates by Blog Forum

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/