Sem Parada, Sem Destino...

Deveria perguntar a cegueira como se pode deixar de ver. Cada passo dado leva para o outro lado, e sempre existem mais lados para serem atravessados. Não existem razões para descansar, seguir em frente até não mais aguentar e mesmo assim, levantar e continuar. Nada para esse trem, sem parada ou destino, segue cheio de um vazio que tem hora marcada para lugar algum. Desgovernado e renegado pelo fato de achar que poderia ter a escolha de onde chegar. Não importam mais os trilhos ou desvios, o que faz a diferença é quem esta no controle. O beijo que agora sai da boca é de despedida, não existem mais passagens para se comprar. Partiu novamente de lugar algum para nunca chegar, rodeando um infinito de constantes inconsistências que a vida proporciona quando quer. Diante da fraqueza do ser, encontramos a razão de viver, diminuir, quase parar. O motivo do coração bater forte, querer sem sorte se acalmar é a mesma razão que é capaz de fazer o trem descarrilar. Basta o sorriso que combina com o beijo recebido, aguardando o caminho a ser aberto e o destino a ser seguido. Agora acompanhado, pergunto onde posso pisar e então vejo, mesmo cego a forma de enxergar. Não se pode depender de tudo, mas para muitos, sem sentimento puro, não existe motivo para parar.

16 comentários:

    gostei !

     

    adorei !

     

    como dizes: o que faz a diferença é quem esta no controle... vc!

    parabéns
    pelo post moço

    meus bjs
    (nate)

     

    sempre há todo tipo de cegueira..
    muito bom Leonard..
    beijo e bom domingo..

     

    Que encanto!

    Um tipo de cegueira e tanto... O sentir é o que me move, e desde aquele adeus, eu já não sei mais pra onde ir,


    Um beijo!

     

    E se tenho o poder de SENTIR,não tenho porque parar,e nem motivos para desistir.
    Lindo viu?
    Beijo

     

    Às vezes cegamos os olhos para algumas coisas, para que possamos enxergar melhor outras...

    Belo texto!

    Bjs!

     

    estamos sempre em alguma estação pegando o trem da vida e só teremos parada no ponto final...quantos encontros e desencontros nesta jornada...adorei!beijos no coração.

     

    Às vezes eu me sinto com alguém em uma estação esperando um trem que nunca chega.
    Adorei o texto!

    Um beijo!

     

    perguntar pra cegueira como deixar de ver..... lindo e verdadeiro, faz bater meu coração

     

    Olá, muito obrigada! que bom que gostou do Grafite =)
    passei aqui para conhecer seu espaço, gostei e estou seguindo.

    beijo.

     

    obrigado :)
    lindo texto *-*

     

    tive uns problemas com o blog, este é o novo link: http://catarina-putyourpawsup.blogspot.com/ (:

     

    Boa tarde Leonard,
    Sou Portuguesa e também professora.
    Visualizei o seu blog, casualmente, e fiquei com os olhos e a alma lavada.
    Sabe, que escreve muito bem? Tem uma forma airosa e terna de mexer nas palavras.
    Parabéns!
    Tenho também um blog. Se quiser visitá-lo, terei muito gosto em recebê-lo.
    Abraços com luz.

    afectosecumplicidades.blogspot.com

     

    Linda e simples verdade. Alguns d nós está mais para parar pq a procura já não é mais um não querer ficar.
    Abraços

     

    Olá o/ Obrigada pro curtir o blog ^^ Vim aqui para ler um pouco do seu (; Gostei! Não sou a única que tem pensamentos aleatórios, rs, são os mais sinceros por não se importarem em onde o trem vai parar... Beijos.

     
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogger Templates by Blog Forum

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/