Saliente


As mãos dão vida as más intenções desejosas dos olhos, estes que buscam no rosto oposto as limitações das investidas apaixonadas. A face que observa, não se nega, mas também não se entrega facilmente a cada vontade que parte. Idéias marotas, que criam vida nos olhares lascivos, lançados de baixo para cima, como se pedindo insistentemente o que ainda não fora permitido. O desconhecido fascina e toda tesura dispara de uma vez, numa só direção, deslumbrada pela beleza do sorriso e da liberdade na rendição. Os beijos ofegam por sobre os ombros e as se agarram as costas, num encaixar perfeito. Descuidos não atrasam em nada o encantamento da aproximação, a simplicidade momentânea desse incêndio que domina os arredores, derretendo os corpos, mesclando desespero e lábios, ansiedade e mordidas. Selvageria que surge em meio a dois, irracional e compatível, orquestrado pela vontade do toque, da intimidade impura e saborosa. Da boca, escorre desejo como veneno, inebriando os sentidos e turvando os limites. Rendidos pela intecionalidade da noite e sua coberta, desnudos e insanos, se deitam entre lençois e travesseiros, únicas testemunhas dos atos lascivos. Deleitam-se com a luxuria provocada pelo calor dos corpos e fazem de cúmplice a penumbra e sua inspiração.

29 comentários:

    A poesia se solta entre os dedos do poeta, e vagueia nas palavras suerguendo cada uma de forma plena.

    Beijinho Leonard.
    Fernanda

     

    - oh muito obrigada (:

     

    E então a poesia se faz em meio a prosa...
    Lindo!
    Beijokas

     

    Olá!!!!!
    Adoreiiii seu blog!!!
    Estou te seguindo =)

     

    agora só espero que não haja, de novo, um inesperado pelo lado negativo. muito obrigada!
    o texto está lindo, meu deus.

     

    Bela inspiração Leonard!

    Um beijo!

     

    Olá Leo!!td beem? obrigada pela visita,texto fascinante...E continue sendo um otimo namorado.heheheh beijjoos

     

    Essa lascividade provocante, tortuante. Amantes de uma liberdade secreta, guardada a dois.

     

    Nossa, Leo, que texto lindo!
    E a imagem combinou muito bem.
    Lindas palavras, parabéns!

    Beijo grande!

     

    Que texto! Chegou a tirar o meu ar por uns instantes com a velocidade com que os atos neles transcorrem, ainda bem que nós, seres humanos, possuímos a capacidade de poetizar tais cenas! ;*

     

    Intenso!

     

    Nossa, o texto ficou muito bom,
    adorei *-*

    bjus =*

     

    Vim lhe agradecer pela visitinha em meu blog^^

    Prometo que de uma próxima vez lerei mais assídua os seus textos.


    bjo.O!

     

    testemunhas: travesseiros e paredes que guardam gemidos e sussurros.



    bjsmeus

     

    Ai, a simplicidade é tããão difícil!

     

    Leonard, você é pura poesia! Envolve, cativa! Consegue ser simples e intenso, transborda e nos faz sentir teus sentimentos!
    Muito obrigada pela visita, pelas palavras. Sem dúvidas, estou seguindo você também.
    Um beijo grande!

     

    Olá adorei teu blog, lindo mesmo. Parabéns. Fique a vontade para fazer uma visitinha ao nosso “Alto-falante” e seja mais um membro. Você é nosso convidado especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/.
    Um grande abraço!

    Renato Douglas!

     

    Muito obrigada, mesmo :)
    Fico muito contente por o meu blog ser visto fora de Portugal ! É um motivo para continuar a escrever e a expressar os meus sentimentos desta maneira.
    Muito obrigada, sigo também e adoro MESMO o teu texto! :')

     

    querido venho te desejar um lindo final de semana. grande abraço.

     

    já estou seguindo querido. amei seu cantinho, ele é muito lindo e agrádavel. vou voltar mais vezes. muito obrigada pelo carinho. beijos e fica com Deus. :*

     

    Lindo esse artigo, seu espaço... ah! me sinto maravilhada...

    Beijos, ótimo fim de semana

     

    Amigo achei seu blog por mero acaso do destino e amei o dom que você usa as palavras. Quanta luz em forma de escrita! Quando puder visita o meu e comenta. Bjus!

     

    Saliente...
    Muito bom...

    Sorriso:)

     

    Leonardo, vim agradecer a visita ao meu blog, e o comentário deixado lá. Sabe o que eu fiz? Recusei seu comentário sem querer... cliquei no botão errado e, pronto, não tinha mais volta. Mil desculpas! E deixo aqui a promessa de nunca mais moderar comentários logo depois de acordar e ainda sonolenta... rs.

    E quanto ao seu blog... Que texto delicioso acabo de ler! Gostei muito daqui também.

    Abraço!

     

    Nossa , como tu escreve bem rapaz !
    Senti cada palavra ' Lindo :D
    Parabéns , sucesso pra ti '
    Beijos ;*

     

    Muito obrigada! (:

     

    A poesia dos poetas que sofreram é doce e terna. E a dos outros, dos que de nada foram privados, é ardente, sofredora e rebelde.

    Clarice Lispector

    Belo texto!

     

    Belo texto Leonard. Em suas palavras pode-se sentir a paixão das personagens de forma palpável. Parabéns! Kenny Rosa

     

    A vida é feita de momentos...
    E estar aqui está sendo um momento especial...
    Voltarei sempre que puder...
    Se quiser, dá uma passadinha no meu também...
    Quem sabe não gosta e fica.... E com certeza retribuirei a gentileza.


    http://cristalssp.blogspot.com

    Beijos  Ani

     
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogger Templates by Blog Forum

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/