O Olhar


Só existe um olhar que faz com que a promessa de futuro seja parte real do futuro completamente surreal. Nada mais necessário e preciso, improvável e impossível do que um olhar. Não me deixa sonhar, porque esqueço as certezas e assim, nada importa mais para mim. Preciso apenas esquecer do que existe e sentir. Como poderia simplesmente deixar as águas passarem, as horas ditarem o que sou capaz de viver, saber e quem seria capaz de querer? Não é meu costume questionar vontades, todas essas formas, essas felicidades. Muda meus passos, caminhos nunca pensados, simplesmente um momento isolado e vejo você ao meu lado, sorrindo porque é isso que faço, mudo caminhos de todos os destinos, se são estes os que me afastam. Espero sem saber o que esperar, desejoso com rimas, piadas e beijos que deixam lembranças, mesmo que sejam as mais difíceis escolhas que possam ser feitas. Ao redor da vida, existem espaços e nesses, caminhos, destinos. Temos apenas passos, sorrisos, sem obstáculos ou planos, sem mapas ou linhas, escritos no nada com dedos a procura da união. Olhamos para o mundo como um abismo, mas é o mundo que espera o nosso olhar em retorno, como donos do nosso futuro passado.

15 comentários:

    Seu texto reflete a alma do poeta que se permite viver o risco da emoção em detrimento da segurança da razão.
    Muito bom.
    Kenny Maurício Rosa
    (http://cronicandocomvoce.blogspot.com)

     

    Os muitos mistérios do olhar...
    ótimo post!
    Beijos

     

    Olhos...De ver-te em verde imagem...De fruto maduro unindo passado e presente...Olhos de promessa...Olhos de futuro bom...Meu abraço de feliz páscoa...

     

    O enredo remete nas falas que o olhar transmite, o que não se engana, exprimindo a força de um futuro passado. A razão com emocional prosseguindo na identidade de esculturistas, pela natureza de então.

    Abraços

    Priscila Cáliga

     

    O escritor não se submete a barreiras de tempo, de espaço , ou sentimentos, ao contrário ele os burla. Sua imaginação é o que o move as coisas à sua volta. De todos sentimentos confusos ele vive e o translada para o papel de forma maravilhosa como fizeste.

     

    Eu não sei se foi sua intenção, mas seu texto ficou ritmado de alguma forma. Eu sempre gosto disso.
    Acho que dá mais vida às palavras. Sem contar que essas suas palavras são lindas. =D
    - Encantada.

    Beijo.

     

    Muito bom teu texto, parabéns. Gostei bastante do teu blog. Já estou seguindo. aguardo visita no meu

    www.ama-visse.blogspot.com

     

    "das poucas certezas que tenho, uma das mais importantes é que não me apetece tantas certezas assim... certezas limitam, nos endurecem a face e o pescoço"


    fernand's

     

    apetece = apetecem

     

    certo ou incerto, somos nós os donos do nosso passado ou futuro.
    A mensagem que você passa para quem ler é realemente encantadora.
    obrigada pelo comentário, sinta-se avontade pelo meu cantinho.
    estou seguindo o seu tambem.

    =)
    beijos

     

    Olá
    obrigada pela visita..

    vou tb te visitar mais vezes...

    Boa semana.o

     

    Obrigada pela terna visita!
    Quer dizer que vc tem a sua "praia, seu jardim, seu lugar de sonhos"?!
    Que coisa maravilhosa!
    Ainda terei meu recanto de paz tbm!
    Meu sonho é um dia abrir a janela do meu quarto pela manhã e me deparar com um maravilhoso ipê-amarelo repleto de flores canarinhas! Isso seria Felicidade!
    Enquanto isso construo meu recanto de paz dentro de mim.
    BjO poeta!

     

    Ohh delícia de ler!!!

     

    Lembrei da física quântica: Presente, Passado e Futuro, tudo acontecendo na mesma hora.

    Gosto de ler-te.
    Beijo meu.

     

    "Ao redor da vida, existem espaços e nesses, caminhos, destinos."
    Somos nøs!!

     
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogger Templates by Blog Forum

http://meublogtemconteudo.blogspot.com/